O logo de Neurobit Systems


 
English-United Kingdom: Neurobit Systems: Neurofeedback & Biofeedback equipment Deutsch-Deutschland: Neurobit Systems: Geräte zum Neurofeedback und Biofeedback français-France: Neurobit Systems: Appareils pour le neurofeedback et le biofeedback Italiano-Italia: Neurobit Systems: Impianti per neurofeedback e biofeedback  
English-United States: Neurobit Systems: Neurofeedback & Biofeedback equipment Deutsch-Österreich: Neurobit Systems: Geräte zum Neurofeedback und Biofeedback Español-España: Neurobit Systems: Equipos para el neurofeedback y biofeedback Português-Portugal: Neurobit Systems: O Equipamento Neurofeedback e Biofeedback  
English-Canada: Neurobit Systems: Biofeedback & Neurofeedback equipment Deutsch-Schweiz: Neurobit Systems: Geräte zum Biofeedback und Neurofeedback Español-México: Neurobit Systems: Equipos para el neurofeedback y biofeedback polski-Polska: Neurobit Systems: Sprzêt do neurofeedbacku i biofeedbacku  

Para chegar mais alto, agir melhor, viver com mais alegria
Feedback é a chave

Treino da mente - frequentes perguntas

  1. Em que consiste o neurofeedback?
  2. Em que se relacionam o neurofeedback e o biofeedback?
  3. Qual é a essência do treino de alta performance com o recurso ao neurofeedback?
  4. Quais são os benefícios do treino de alta performance?
  5. O treino é "bom para tudo"?
  6. Os benefícios do neurofeedback são úteis para quê?
  7. Quais são os utilizadores mais frequentes do treino?
  8. O treino produz efeitos para toda a gente?
  9. É preciso acreditar para usar o neurofeedback?
  10. O treino não trará benefícios para quem?
  11. Qual a duração do treino?
  12. Quando serão perceptíveis os efeitos do treino?
  13. O treino individual é complicado?
  14. Quais as limitações e contra-indicações do neurofeedback?
  15. Poderão ocorrer reacções indesejáveis ao treino?
  16. As ondas Alfa são as melhores?

  1. Em que consiste neurofeedback?
  2. O neurofeedback EEG baseia-se no registo e análise automática da actividade eléctrica do cérebro. Os parâmetros desta actividade especialmente seleccionados são apresentados para quem treina em forma de realimentação (feedback). Estes parâmetros representam determinados processos psíquicos fundamentais, que permanecem normalmente ignorados e escapam ao nosso controlo. O Neurofeedback é para eles uma espécie de espelho: ao utilizar-se o sinal de realimentação, aprende-se a modelar melhor estes processos.

    O biofeedback está largamente difundido na natureza; pois condiciona a existência de todos os organismos. É também utilizado em tecnologia, negócios e educação. É um método que possibilita a auto-regulação de sistemas, elevando a qualidade do seu funcionamento.

  3. Em que se relacionam o neurofeedback e o biofeedback?
  4. O Biofeedback é uma categoria de métodos mais ampla. Estes métodos utilizam a realimentação de vários sinais fisiológicos, como por exemplo a actividade eléctrica dos músculos (EMG), a tensão da bexiga, a actividade eléctrica da pele (EDA/GSR), ou a temperatura do corpo. Estes métodos são aplicadas no tratamento ou na melhoria das funções do organismo, reflectidas por via destes sinais.

    O Neurofeedback EEG está entre os métodos mais sofisticados do biofeedback. Utilizando sinais provenientes directamente do Sistema Nervoso Central, ele tem uma esfera de influência mais ampla. Permite também captar certos indicadores de actividades psíquicas de nível superior.

  5. Qual é a essência do treino de alta performance com o recurso ao neurofeedback?
  6. A essência do treino é aprender as relações entre o nosso comportamento físico, ou as atitudes internas, e a qualidade de funcionamento de cérebro, com o uso da realimentação de parâmetros EEG. A experiência adquirida deste modo permite uma orientação mais intencional do trabalho da mente e a alocação dos seus recursos de forma mais eficiente. O objectivo é utilizar melhor o potencial da mente, para agir com mais eficácia, obter mais resultados e tornar a vida mais feliz.

  7. Quais são os benefícios do treino de alta performance?
  8. Os efeitos dependem, nomeadamente, do tipo de treino e da qualidade de equipamento usado. Os mais frequentes são:

    • melhor concentração,
    • melhor atenção,
    • maior facilidade em tomar decisões,
    • reduzido número de erros,
    • tempo de reacção mais curto,
    • maior criatividade,
    • melhor memória,
    • aprendizagem mais rápida,
    • maior imunidade ao stress,
    • maior productividade,
    • menor vulnerabilidade ao esgotamento psíquico,
    • relaxamento mais fácil e profundo,
    • melhor integração do corpo e da mente,
    • bem-estar,
    • menor ansiedade e medo,
    • maior auto-confiança,
    • melhor auto-controlo,
    • desenvolvimento da auto-consciência,
    • desenvolvimento da inteligência emocional.

  9. O treino é "bom para tudo"?
  10. Não. As áreas de influência deste treino são, em princípio, o potential da mente e as reacções ao stress. Contudo, como estes desempenham um papel fundamental em muitas outras áreas, o leque de utilidades do neurofeedback pode ser de facto bastante extenso.

  11. Os benefícios do neurofeedback são úteis para quê?
  12. Estes são exemplos seleccionados:

    • encontros importantes,
    • discursos em público,
    • representações artísticas,
    • competição desportiva,
    • exames,
    • estudos,
    • projectos,
    • análises,
    • actividade criativa,
    • tomada de decisões,
    • acção sob stress,
    • situações críticas,
    • sobrecargas de trabalho,
    • contactos interpessoais,
    • desenvolvimento pessoal.

  13. Quais são os utilizadores mais frequentes do treino?
  14. Pessoas intensivamente utilizando suas cabeças; pessaos frequentamente abraçando desafios. Pessoas expostas a níveis de stress consideráveis. Pertencem a eles, entre outros (na ordem alfabética):

    • artistas,
    • empresários,
    • motoristas,
    • gestores,
    • pilotos,
    • agentes de polícia,
    • especialistas,
    • desportistas,
    • bombeiros,
    • estudantes,
    • criadores,
    • funcionários públicos.

  15. O treino produz efeitos para toda a gente?
  16. Os inquéritos sugerem que cerca de 90% de pessoas notam uma influência positiva do treino. O grau maior ou menor do impacto varia de pessao para pessoa, de discreto a forte. Para algumas pessoas, o neurofeedback tem um efeito crucial. Estas avaliações subjectivas são confirmadas pela análise de indicadores objectivos, tais como o número de erros cometidos, a eficiência visual e auditiva e os resultados escolares. Algumas pesquisas indicam também aumento de QI.

  17. É preciso acreditar para usar o neurofeedback?
  18. Sim: é preciso acreditar um pouco nas suas próprias forças; e é precisa alguma motivação genuína para aprefeiçoar as suas capacidades. Como em qualquer processo de aprendizagem, os resultados dependem da actividade.

  19. 10. O treino não trará benefícios para quem?
  20. O treino de alta performance não trará benefícios para pessoas que:

    • não sintam a necessidade de aumentar as suas capacidades intelectuais ou a sua imunidade ao stress,
    • não consigam dedicar pelo menos um quarto de hora de poucos em poucos dias,
    • tenham medo de usar este tipo de tecnologia avançada.

  21. Qual a duração do treino?
  22. O mínimo é uma dúzia de curtas sessões de dois em dois dias. Para obter resultados significativos e duradouros, o número de sessões é normalmente bastante mais alargado. Mas os melhores resultados são obtidos com a prática permanente - como no caso de actividades desportivas.

    Para além de exercícios regulares, é proveitoso usar o neurofeedback antes de desafios mais importantes, como por exemplo reuniões cruciais, discursos em público ou exames, e também depois de períodos de stress mais forte ou em picos de trabalho.

  23. Quando serão perceptíveis os efeitos do treino?
  24. A percepção dos efeitos tem várias fases. Inicialmente, muitas pessoas sentem o chamado efeito de novidade, ligado à excitação (semelhante à sensação depois de comprar um carro novo, por exemplo). Esta experiência não é essencial para o treino e desaparece normalmente dentro de poucos dias. Um outro efeito, observado com alguma regularidade, é a melhoria do estado de espírito (tranquilidade, alegria, vivacidade, clareza, etc., dependente do tipo do treino). Este efeito aparece normalmente durante o treino ou após algumas horas. O terceiro efeito, considerado o objectivo fundamental do neurofeedback, é a melhoria progressiva (no prazo de uma dúzia ou de umas poucas dúzias de treinos)das funções psíquicas anteriormente citadas (tais como a atenção, a concentração e a eficiência mental). Com o tempo, o nível superior de funcionamento da mente começa a fazer-se sentir em muitas dimensões da sua vida e a ser entendido como o seu elemento integrante.

  25. O treino individual é complicado?
  26. Com o recurso a equipamento que utiliza as soluções tecnológicas mais avançadas, o treino individual não causa dificuldades maiores. Prender os eléctrodos será a mais difícil das tarefas. Depois de se tornar hábil, as actividades manuais ligadas ao treino individual são feitas de forma rotineira e requerem alguns minutos apenas.

  27. Quais as limitações e contra-indicações do neurofeedback?
  28. O Neurofeedback terapêutico deve ser administrado por um terapeuta profissional, usando o equipamento destinado para o efeito. As pessoas que sofrem de epilepsia, de síndroma pós-traumático ou de esquizofrenia devem usar o neurofeedback exclusivamente com a assistência de um terapeuta. O Neurofeedback não é em geral administrado a crianças menores de 7 anos. As crianças mais velhas com faltas de atenção recebem normalmente os sinais de realimentação na forma de apresentações visuais atraentes.

  29. 15. Poderão ocorrer reacções indesejáveis ao treino?
  30. Algumas pessoas podem por vezes manifestar um excitamento nervoso excessivo, mas transitório. Neste caso, as sessões devem ser encurtadas, devem ser efectuadas mais raramente, ou o ciclo de treino deve ser suspenso. Nos casos de forte tensão psíquica ou de deficiências de sono, o treino pode provocar sonolência transitória.

  31. As ondas Alfa são as melhores?
  32. Na verdade, as ondas Alfa na parte traseira da cabeça são desejadas nas situações de descanso em que a pessoa se encontra acordada. Estas ondas têm um efeito psicológico benéfico. Ao mesmo tempo, permitem passar mais facilmente para outros níveis de activação psicológica, sempre que necessário. Não obstante, não existe um tipo de ondas cerebrais que seja melhor em todas as circunstâncias. Por exemplo, as ondas Teta prevalecem durante a maior parte do sono saudável; mas a sua predominância prolongada quando uma pessao está acordada acompanha normalmente estados de desatenção.

    O tipo de ondas desejado depende também da localização no cérebro e da idade da pessoa. Por outro lado, um tipo específico de ondas quase nunca ocorre independentemente, mas em várias proporções com ondas de outras frequências.

    Finalmente, a capacidade de manter a predominância de uma determinada onda durante muito tempo parece ser menos essencial do que a flexibilidade à mudança de ondas, de acordo com as necessidades.

Se quiser aprender mais...

  • Investigação - Resumo das descobertas científicas relacionadas com o neurofeedback em treino de alta performance.

  • Neurobit Lite - Sistema portátil para treino de alta performance, para utilização em casa ou no escritório.

  • Neurobit Optima - Equipamento portátil para neurofeedback, biofeedback, e aquisição de dados fisiológicos.

  • Links - Fontes adicionais de informção sobre o neurofeedback.

Neurobit Optima - Equipamento portátil para neurofeedback, biofeedback, e aquisição de dados fisiológicos

Neurobit Optima

Treino da mente com o recurso ao neurofeedback. Mais fácil que nunca.

Contacte-nosContacte-nos   AnteriorOrigem de neurofeedback   Página InicialO Equipamento Neurofeedback / Biofeedback EEG   TopoNeurofeedback - frequentes perguntas   SeguinteInvestigação relacionada com o neurofeedback